Acompanhe o TPBR nas redes sociais

Há sempre música no ar.

 

No final do 2º episódio da segunda temporada, Cooper tem um sonho com o anão, BOB, Mike e também uma mulher que se parece muito com Laura Palmer. Esse sonho é a chave de Cooper para encerrar o caso do assassinato. Ele acabará por levá-lo a encontrar a pessoa que brutalmente assassinou Laura Palmer e mais tarde Maddy Ferguson.  Este artigo estabelece o caminho que Cooper teve em encontrar o assassino por meio deste sonho. Nesta primeira parte da exploração do sonho, vamos observar o que  liderou Cooper até o final da primeira temporada, onde ele pensou Leo Johnson e Jacques Renault teve algo a ver com a morte de Laura.

Antes de começar, Sarah Palmer tem uma visão de BOB no episódio um. Ele é visto por Sarah ajoelhada ao pé da cama de Laura nesta visão. Podemos incorporar isso com a cena em FWWM, quando BOB entra pela janela de Laura e ela percebe (ou melhor, lembra-se) que BOB é seu pai, Leland. Ele se aproxima da cama desta área, ao pé dela e, portanto, tem alguma correlação com a visão de Sarah. A visão de Sarah é a primeira vez que vemos BOB e, assim o  temos nosso primeiro vislumbre no reino sobrenatural de Twin Peaks.

O Sonho de Cooper no final do episódio 2 leva essa visão Sarah simples e breve mais adiante. É dada mais uma indicação minúscula de quem BOB é; Cooper explica a  Harry e Lucy durante almoço no episódio 3, que Mike é o homem com um braço e BOB é o assassino (não os adolescentes Mike e Bobby como sugere Truman).

O sonho começa com um rápido olhar para a localização da conclusão do sonho, a Sala Vermelha. Cooper parece velho, 25 anos mais velho para ser exato. O LMFAP (Little Man From Another Place) está de pé de costas para Cooper e esfrega suas mãos agressivamente. Esta fricção das mãos é sua maneira de explorar fontes de informação que ele irá compartilhar com Cooper uma vez que o sonho retorna a este cenário.

                  Cooper, em seu sonho, 25 anos mais velho na Sala Vermelha.

Em seguida, estão imagens aleatórias de Sarah Palmer correndo pelas escadas na manhã seguinte à morte de Laura, procurando por sua filha para prepará-la para a escola. O que se segue são vislumbres da visão de Sarah de BOB, do lado de fora do vagão de trem, e depois de Laura deitada no necrotério. Essas imagens ajudam Cooper a descobrir que BOB foi o assassino de Laura. Sarah teve uma visão de BOB, mas não é afirmado que ele é o assassino no sonho. BOB é mostrado, o local do assassinato, em seguida, Laura morta. Essas três cenas são como Cooper chegou à conclusão de que BOB era o assassino, além do que Mike logo lhe contaria.  Os vislumbres de Sarah também poderiam sugerir que ao olhar através da casa, ela poderia encontrar a verdadeira identidade de BOB.

Em seguida, no sonho, somos apresentados a Mike. Aprendemos no episódio 13 que Mike é realmente um espírito habitante que toma o controle de Phillip Gerard , e  que deseja  encontrar BOB e parar seus planos malignos, e que costumava ser parceiro dele. Na primeira temporada, quando Cooper encontra Phillip Gerard, ele é apenas um vendedor de sapatos e não descobre sua conexão mais profunda com a morte de Laura. Gerard, quando Mike está no controle, é a melhor testemunha que Cooper poderia ter ao assassinato de Laura.

Mike diz no sonho de Cooper:

“Through the darkness of future past
the magician longs to see
one chants out between two worlds
Fire walk with me.”

Este canto também será recitado quando Cooper interroga Mike / Gerard no episódio 13.

Depois de recitar o poema no sonho, Mike passa a contar um pouco sobre si mesmo:

“Nós vivemos entre as pessoas, acho que você diz loja de conveniência. Vivíamos acima dela. Quero dizer, é como se fosse. Como soa. Eu também fui tocado pelo diabólico. Uma tatuagem no ombro esquerdo, mas quando vi o rosto de Deus, mudei. Eu tirei todo o braço. Meu nome é Mike, o nome dele é BOB.”

Esta informação leva Cooper a procurar o homem de um braço. No episódio 4, Hawk o encontra no Timber Falls Motel, onde o questionam. Eles têm o desenho que Andy desenhou no início do episódio na residência dos Palmer. O esboço é de BOB como descrito por Sarah Palmer de sua visão. Mike diz que nunca viu o homem antes em sua vida, mas ele meio que se parece com alguém. Cooper pergunta se ele fez uma tatuagem, o que, de acordo com o que
Cooper disse a Harry na manhã seguinte ao sonho, deveria ler “Fire walk with me” mas Gerard diz que o braço foi perdido em um acidente de carro.

Depois da aparição de Mike não sonho, vemos BOB. É o mesmo homem da visão de Sarah.

“Mike? Mike, pode me ouvir?
Te pegarei com o meu saco de morte
Você pode pensar que eu enlouqueci
Mas prometo, que matarei de novo.”

O “saco da morte” é referência inicialmente a uma descrição de envolver suas vítimas em plástico. A promessa de matar novamente é cumprida no episódio 14, quando Maddy é assassinado. Perguntando se Mike pode ouvi-lo mostra que BOB tem medo de Mike e não deseja que Mike o encontre. Satisfeito que ele não está perto, ele fala de sobre seu saco da morte e faz sua promessa. Leland / BOB também recita essas linhas após sua confissão aos assassinatos no episódio 16. Esta recitação conecta Leland ao que Cooper viu de BOB em seu sonho. Isso cristaliza na mente de Cooper que Leland é de fato o assassino e confirma que sua confissão  foi correta.

Na primeira temporada, não vemos BOB exceto na visão de Sarah e no sonho de Cooper. Depois que ele mostra Gerard o esboço no episódio 4, Cooper é conduzido em uma busca para encontrar Bob Lydecker, o melhor amigo de Gerard. Mike diz a Cooper e Truman que Bob é um veterinário e está no hospital, em coma. Truman acrescenta que um Lydecker foi assaltado fora de um bar em Low Town. É por isso que Gerard estava no hospital e foi avistado por Hawk; Ele estava lá visitando seu amigo. Mais tarde no episódio, eles vão para o escritório de Lydecker.

A recepcionista diz a Cooper que o homem do esboço não é o Dr. Lydecker.

Cooper tem usado sua intuição, extraindo de partes do sonho para levá-lo na direção certa. Ele se referiu ao sonho como um código, “Quebrar o código, resolver o crime”. Antes de entrar no escritório do veterinário, ele mencionou que Mike disse que ele e BOB viveu acima de uma loja conveniência. Não é mostrado, mas talvez houvesse um apartamento acima do posto de gasolina. Cooper pede a para Andy entrar na loja e comprar-lhe um fio. Ele a traz para Cooper dentro do escritório do veterinário. É Findley’s Fine Twine, a mesma marca de um dos tipos de fio usado para amarrar Laura na noite de sua morte (e, finalmente, a declaração de Laura em seu sonho sobre seus braços dobrando para trás). Naquele momento, Cooper faz a dedução de que o pássaro que atacou
Laura (Albert indicou que as feridas nos ombros de Laura eram mordidas de pássaro) é um cliente do Dr. Lydecker.

Agora, a conclusão do sonho de Cooper, ocorre na Sala Vermelha:

Cooper ainda está observando o anão vigorosamente esfregando as mãos tentando canalizar as informações que supostamente ele tem que compartilhar com Cooper. Cooper percebe que há mais alguém na sala. Ele vê Laura sentada em uma cadeira ao lado, pelo menos ele acha que é ela.

O anão se vira, bate palmas e diz, “Let’s Rock”.

Esta frase será ecoada em FWWM, quando Cooper encontrar isso escrito no pára-brisa do carro do agente Desmond depois que ele desapareceu. Para o Agente Cooper  (em ordem cronológica), esta frase conecta seu sonho com o assassinato de Teresa Banks, e o desaparecimento do agente Desmond, apoiando o fato de que este é o
mesmo assassino.

Quando o anão se senta, Laura toca seu nariz. A razão exata dela tocar o nariz não é clara e pode realmente não ter qualquer propósito. Uma ideia poderia ser uma referência à dependência de cocaína de Laura. Outra razão poderia ser que ela está dizendo Cooper que este sonho está levando-o na  direção certa. O pequeno homem esfrega as mãos novamente, porém mais lentamente desta vez, a mensagem toma sua forma final em sua mente.

“Tenho boas noticias. O chiclete que você gosta vai voltar em grande estilo”, diz o anão.

Esta frase não será dita até episódio 16, quando o garçom, do antigo serviço de quarto, diz  isso a Leland.
Isso acontece depois que Leland diz ao garçom que o chiclete oferecido ao Cooper era a seu “chiclete favorito do mundo” e que ele costumava mastigar quando era criança. Esta conexão será abordada na segunda parte da análise do sonho.

O pequeno homem vê Cooper olhando para a mulher e diz: “Ela é minha prima, mas ela não se parece exatamente com Laura Palmer?”
Cooper responde: “Mas é Laura Palmer. Você é a Laura Palmer?”
A mulher responde: “Sinto como se a conhecesse, mas às vezes meus braços se curvavam para trás”
O anão continua: “Ela é cheia de segredos. De onde viemos os pássaros cantam uma canção bonita e há sempre música no ar”

O anão se levanta da cadeira, a música começa a tocar no fundo e lentamente fica mais alto, e ele começa a dançar. A mulher se levanta e se aproxima de Cooper e olha para ele com flerte, dando-lhe um beijo antes de sussurrar o nome do assassino em seu ouvido. É neste ponto Cooper acorda e chama Harry, dizendo para encontrá-lo para o café da manhã no Great Northern.

 

“Ela é minha prima” É uma referência a Maddy Ferguson que nós  encontramos no próximo episódio quando ela vem para a residência dos Palmer. Ela parece “quase exatamente como Laura Palmer”. Maddy faz vários omentários sobre “conhecer Laura e “sentir-se próxima de Laura” (principalmente o fato de que os duas serem idênticas na aparência, exceto pelo cabelo e óculos). Esta referência também poderia ser interpretada como uma premonição de que Maddy será  a próxima vítima do assassino.

“Às vezes meus braços dobram para trás”. Esta é uma referência a Laura que foi amarrada na noite de sua morte. No episódio 3, antes que Harry e  Cooper saírempara o funeral de Laura, Albert descreve de como Laura foi amarrada duas vezes naquela noite, fazendo com que Cooper citasse em  seu sonho. É suposto por Cooper e / ou Albert que ela foi amarrado na cabana e também no carro do trem. Albert explica como seus braços foram amarrados, levantando seus braços no ar e para trás. Esta é a maneira de como BOB / Leland amarrou-a no carro de trem, a fim de prepará-la para a cerimônia que culminaria em sua posse.

“Ela é cheia de segredos”. Esta é Laura que conhecemos e de como descobrimos seus segredos ao longo da série, especialmente quando seu diário secreto é descoberto.

“De onde viemos os pássaros cantam uma canção bonita e há sempre música no ar”. Esta frase alcança seu ápice quando Cooper, Harry, Hawk & Dr. Hayward chegam à cabana de Jacques Renault no episódio 5.

Vejamos como Cooper chegou à cabana de Jacques usando elementos do sonho:

Como dito anteriormente, no episódio 4 o sonho levou Cooper ao escritório do Dr. Lydecker. Ele então deduziu que o pássaro que atacou Laura era um cliente do veterinário. Ele também chegou à conclusão de que quem quer que o pássaro pertencesse havia comprado fio Findley usado para amarrar Laura a noite de sua morte  ao lado do escritório do veterinário.

No episódio 5, Cooper está olhando algumas fotos no interior de uma porta do armário na cozinha de Jacques. Lá, ele vê uma foto de uma cabana com cortinas vermelhas. Eles encontram outra cópia de Fleshworld (a revista que continha uma foto de Ronette Pulaski, que Cooper e Truman encontraram no cofre de Laura no episódio piloto).
Harry explica que rastrearam o anúncio, e as respostas ao anúncio chegaram a uma caixa postal. Cooper deduz que a caixa do correio pertence a Jacques. Cooper também encontra outro anúncio com a mesma caixa postal, ele diz que é Laura por causa das cortinas vermelhas e mostra a Hawk e Harry a foto da cabana.

Em seu caminho para a cabana de Jacques, eles se deparam com outra cabana que acaba por pertencer à Log Lady. Ela os convida para o chá e biscoitos. Agora, se Cooper não tivesse feito a conexão entre as cortinas vermelhas e a cabana de Jacques, quem sabe se ou quando ele teria tido uma conversa com a Log Lady e não teria descoberto as informações “significativas” sobre Laura. No episódio 1, quando Cooper a conhece, ela disse que seu tronco viu algo naquela noite. Cooper não teria chegado a esse ponto se não fosse pelas cortinas vermelhas da sala de espera, representadas em seu sonho. A Log Lady traduz para seu tronco, e diz a eles que dois homens e duas mulheres passaram por sua cabana. Mais tarde, outro homem passou e, em seguida, houve gritos a distância sobre a serra.
A descrição que ela dá leva Cooper a acreditar que alguém trouxe as meninas da cabana até o carro do trem.

Aproximando-se da cabana de Jacques, eles ouvem “música no ar”. Dentro da cabana, eles encontram Waldo, o pássaro da espécie mynah. Eles também encontram traços de  sangue, o chip de poker com a mordida e um filme de uma câmera. Com essa evidência, Cooper se determina a  encontrar Leo e Jacques. Nos episódios 6 e 7, Cooper vai disfarçado com Big Ed para One-Eyed Jack’s, onde Jacques está negociando blackjack no cassino.

                                                Cooper e Big Ed “disfarçados” no One-Eyed Jack’s.

Eles atraem Jacques  pela  fronteira e ele é preso por Harry e Andy. Infelizmente, Jacques é assassinado por Leland Palmer mais tarde naquela noite em cuidados  médicos intensivos. Assim, Jacques só é capaz de dizer a Cooper e Truman que Laura falou com Ronette sobre Fleshworld e acrescenta, as meninas tinham ido  até a cabana antes, e, finalmente, que não sabe nada sobre o trem, só que desmaiou e que quando acordou, Leo  e seu carro, e as meninas tinham ido embora.

No momento em que o Agente Cooper é baleado no final da temporada, ele sente que Jacques não teve nada a ver com a morte de Laura e que Leo é  o homem que ele quer prender pelo crime. Isso muda drasticamente no primeiro episódio da segunda temporada, onde seu sonho assume um novo significado. Este sonho é a chave para Cooper descobrir o assassino das três mulheres: Teresa Banks, Laura Palmer e Maddy Ferguson. Sem seguir exatamente o código, Cooper pode ter perdido algumas das informações mais importantes. Seguir Leo e Jacques deu a Cooper informações valiosas sobre a noite da morte de Laura, mas isso o desviou de duas das figuras centrais do sonho: Mike e BOB. Com a ajuda do gigante na segunda temporada, Cooper começa a voltar aos trilhos.
Com as pistas do Gigante, uma reavaliação de seu sonho, e outras ocorrências, Cooper começa a busca do terceiro homem, o assassino, que passou pela cabana da Log Lady na noite da morte de Laura. Estes elementos serão discutidos completamente no próximo artigo sobre o sonho de Cooper.

 

 

Comentar via Facebook

Comentário(s)

COMENTÁRIOS

Não existem comentários

DEIXE SEU COMENTÁRIO