Acompanhe o TPBR nas redes sociais

Tag: ‘showtime’

AVISO: CONTÉM SPOILERS

Foram mais de duas décadas de espera para que a promessa de Laura Palmer fosse cumprida – “eu verei você novamente em 25 anos” – e no dia 21 de maio de 2017, Laura finalmente reapareceu e quase timidamente nos pergunta se a reconhecemos. Este foi o primeiro sinal de David Lynch e Mark Frost para nos avisar que de fato, apesar de ser uma terceira temporada da série cult dos anos 90, o tempo mudou Twin Peaks.

A começar pela abertura da série: o pássaro, a serralheria Packard e a famosa entrada da cidade de Twin Peaks se foram. No lugar, um close do retrato de Laura Palmer serve de fundo para o título, seguido por uma sequência familiar de uma cachoeira e fechando com imagens do black lodge. A trilha sonora marcante de Angelo Badalamenti permanece a mesma.

Na primeira cena inédita, temos um diálogo entre o Gigante e Dale Cooper.

“Lembre-se: 430, Richard e Linda. Dois pássaros com uma pedra”.

A atmosfera dessa introdução misteriosa nos diz que nada do que virá a seguir é o que parece ser. O enredo do retorno de Twin Peaks possui muito mais do mistério e enigmas vistos nos filmes de Lynch­, tais como Eraserhead, Lost Highway­­ e Mulholland Drive.­ Os segmentos criados durante o episódio nos dá a sensação de que tudo está conectado e nós estamos entrando cada vez mais a fundo no universo Lynchiano, nos seduzindo de forma perturbadora.

Diferente do piloto exibido nos anos 90 que deu ao telespectador uma linha de raciocínio lógica à ser seguida, – descobrir quem era o assassino de Laura Palmer – dessa vez não sabemos ao certo onde procurar por respostas, pois as perguntas se tornaram mais complexas. Um dos quebra-cabeças nos é introduzido logo no início: a caixa de vidro. O que ela realmente é e para qual fim foi construída? O que era a criatura que matou os jovens Sam e Tracey em Nova York? Mesmo criadas teorias sobre isso, quando se trata de Lynch tudo não passa de meras especulações.

Foi incluído também o uso de novos elementos gráficos, como o ser do black lodge que se identifica como “o braço”, evolução do membro de MIKE – o braço faz o papel de um intermediário e diz a Cooper que seu doppelganger deve retornar antes que ele possa sair. Não só para a criação de novos seres, a tecnologia auxiliou na composição brutal dos assassinatos que ocorreram durante as primeiras partes da nova temporada, algo visualmente incomum e que não agradou à todos. Entretanto, há quem diga que a falta de veracidade dessas cenas fazem sentido dentro da temática surrealista que está ainda mais evidente nesta nova etapa da série.

Nos deparamos com cenas sutis e nostálgicas ao ver os irmãos Horne no Great Northern Hotel em contraste com momentos mais misteriosos como a ligação entre Margaret/The Log Lady e o subdelegado Hawk, momentos antes do mesmo encontrar a entrada para o black lodge.

“As estrelas se voltam e o tempo se apresenta.”

Tudo parece novo, mas estamos redescobrindo até mesmo quem são as personagens que já conhecemos. Retornar para um lugar que passou por mudanças ao longo de 25 anos faz com que o telespectador pense “parece que já estive aqui, mas não tenho certeza”. O trabalho de David Lynch como diretor é marcante, dando a certeza de que aquilo que estamos vendo na tela é fruto de sua mente.

Nos resta então, continuar acompanhando os mistérios que agora não rodeiam somente Twin Peaks. Neste retorno mais do que nunca as corujas não são o que parecem ser.

Aconteceu ontem (09/01) o Television Critics Association Press Tour, onde o Showtime apresentou um painel que contou com a presença de parte do elenco de Twin Peaks e seu criador David Lynch. Com isso, tivemos a oportunidade de saber um pouco mais sobre a temporada inédita da série dos anos 90 que teve sua estréia anunciada para 21 de maio nos Estados Unidos.

Apesar de sigilo ter sido a palavra de ordem, Lynch comentou que os últimos dias de Laura Palmer ainda são “muito, muito importantes” para o enredo da terceira temporada e ainda revela a razão que “matou” Twin Peaks originalmente.

“Quem matou Laura Palmer? – foi uma questão que nós nunca quisemos responder,” disse o diretor. “Aquele mistério de Laura Palmer era o ganso que botava aqueles pequenos ovos de ouro. E então em um certo ponto, nos disseram que precisávamos resolver isto e depois, [a série] nunca mais funcionou.”

A série irá ser preenchida por 18 episódios e sua estréia terá duas horas de duração.

“Eu vejo isso como um filme que as pessoas experimentam em partes. Eu amei o piloto de Twin Peaks, que definiu o tom e construiu o mundo para mim, eu simplesmente me apaixonei profundamente.”

O diretor confirmou que a história foi escrita continuamente, mas não explicou como ela se dividiria.

Mark Frost, co-criador da série, trabalhou com Lynch via Skype.

“Foi Mark quem entrou em contato comigo – foi há muitos nos atrás – e perguntou se eu queria voltar para esse mundo, e nos encontramos e conversamos, e foi isso que nos fez voltar novamente para mais essa.”

Questionado sobre a nova trama, Lynch apenas respondeu que não possui a liberdade para falar sobre isso. O restante do elenco cumpria as mesmas regras.

“Quando David Lynch nos diz ‘Vá nesse painel, mas não diga nada’ você obedece.” disse Robert Forster.

“Eu não tenho liberdade para discutir qualquer coisa, exceto como estou animada para me juntar a esses caras.” contou Laura Dern que já trabalhou com o diretor nos filmes Inland Empire, Wild At Heart e Blue Velvet, neste último contracenando juntamente com Kyle MacLachlan. O mesmo já afirmou que irá dividir cena com Dern nesta nova temporada. Quando perguntado porque escalou Laura Dern para o elenco, David Lynch respondeu “Eu amo a Laura Dern.”

Por que alguns atores não voltaram? Segundo o diretor, alguns não quiseram voltar e já para outros não havia uma história.

Para Mädchen Amick, uma das atrizes do elenco original, disse que voltar para a pequena cidade de Twin Peaks foi “lindo” e que chorou o tempo todo.

Referente ao cenário da TV atual, David disse que nunca pensou em como se destacar.

“Sabe, eu nunca realmente pensei sobre essas coisas. É sempre as mesmas coisas que importam – a história e o jeito que a história é contada.”

Não há planos para Twin Peaks além dos futuros 18 episódios, mas o diretor acrescenta: “Antes eu havia dito que não iria voltar e voltei. Então você nunca diz não. Mas no momento, não há planos para nada mais.”

Nenhuma prévia com cenas inéditas foi apresentada, mas o presidente do Showtime afirma “Esta versão de Twin Peaks é a versão de heroína pura de David Lynch.”

Após o painel, rolou uma live com Kyle, Mädchen e Kimmy e você pode conferir aqui.

Fotos do painel do Showtime. Estiveram presente David Lynch, Kyle MacLachlan, Mädchen Amick, Laura Dern, Robert Forster, Kimmy Robertson e Miguel Ferrer.

Confira algumas fotos:

Veja mais fotos aqui e aqui.
Fonte

Hoje (11/08) aconteceu a coletiva de imprensa do TCA (Television Critics Association), em que vários canais de televisão norte americanos soltam informações sobre suas futuras estreias para a imprensa. Havia muita expectativa de que os executivos do Showtime, David Nevins e Gary Levine, revelariam alguma coisa substancial sobre a terceira temporada de Twin Peaks, como a data de estreia ou o número de episódios. Infelizmente, a dupla “revelou” basicamente informações que já sabíamos e exibiu um novo vídeo promocional, que segundo fontes não teve nada de muito novo, apenas imagens de shots externos (a cachoeira, a delegacia, policiais andando em câmera lenta) mescladas com entrevistas curtas com alguns membros do elenco (Kyle MacLachlan, Kimmy Robertson, Miguel Ferrer, Robert Knepper, Jim Belushi, Dana Ashbrook, Harry Goaz e James Marshall). Ficamos na torcida para que o vídeo seja colocado na internet em breve.

No mais, Nevins e Levine disseram não ter ideia (ainda!) de quantos episódios serão e que Lynch está completamente imerso no trabalho de edição que irá moldar a nova temporada. Sobre a data de estreia, eles esperam colocar a série no ar na primeira metade de 2017. Isso desmente a informação que Ray Wise soltou na Comic Con, de que seriam 18 episódios e que a temporada estrearia durante o verão norte americano (de junho a agosto).

Nada relacionado à Twin Peaks será convencional. Tanto a forma que vamos lidar com o seriado quanto a forma que vamos promovê-lo será inconvencional. Eu quero muito aderir à excentricidade da série. É bem possível que não vamos lançá-la de uma maneira tradicional. Ainda não sei o que isso significa. Já tive algumas conversas com David, mas eu quero aderir à imprevisibilidade da coisa. Eu consigo imaginar episódios mais longos ou…será uma questão de como soltamos os episódios linearmente? Como vamos soltar os episódios para quem deseja assistir por stream? Talvez tenha uma diferença nas duas coisas.” Nevins falou aos repórteres.

Bastante curioso não? Será que a nova temporada irá inovar também na forma em que será exibida? Muito mistério…

A página oficial do canal Showtime acabou de publicar a lista completa de nomes que formará o elenco da nova temporada. Destacamos aqui em negrito o nome dos atores que já participaram das duas primeiras temporadas ou do filme:

Jay Aaseng
Alon Aboutboul
Jane Adams
Joe Adler
Kate Alden
Stephanie Allynne
Mädchen Amick (Shelly Johnson)
Eric Ray Anderson
Finn Andrews
Elizabeth Anwies
Dana Ashbrook (Bobby Briggs)
Joe Auger
Phoebe Augustine (Ronette Pulaski)
Melissa Bailey
Tammie Baird
Matt Battaglia
Chrysta Bell
Monica Bellucci
Jim Belushi
Leslie Berger
Richard Beymer (Ben Horne)
John Billingsley
Michael Bisping
Ronnie Gene Blevins
Kelsey Bohlen
Sean Bolger
Rachael Bower
Brent Briscoe
Robert Broski
Wes Brown
Richard Bucher
Page Burkum
Scott Cameron
Juan Carlos Cantu
Gia Carides
Vincent Castellanos
Michael Cera
Richard Chamberlain
Bailey Chase
Johnny Chavez
Candy Clark
Larry Clarke
Scott Coffey
Frank Collison
Lisa Coronado
Catherine E. Coulson (Log Lady)
Grace Victoria Cox
Jonny Coyne
James Croak
Julee Cruise (Cantora do Roadhouse)
Heather D’Angelo
Jan D’Arcy (Sylvia Horne)
David Dastmalchian
Jeremy Davies
Owain Rhys Davies
Ana de la Reguera
Rebekah Del Rio
Laura Dern
Neil Dickson
Hugh Dillon
Cullen Douglas
Edward “Ted” Dowlin
Judith Drake
David Duchovny (Dennis/Denise Bryson)
Christopher Durbin
Francesca Eastwood
Eric Edelstein
John Ennis
Josh Fadem
Tikaeni Faircrest
Eamon Farren
Sherilyn Fenn (Audrey Horne)
Jay R. Ferguson
Sky Ferreira
Miguel Ferrer (Albert Rosenfield)
Rebecca Field
Robin Finck
Brian Finney
Patrick Fischler
Erika Forster
Robert Forster
Meg Foster
Travis Frost
Warren Frost (Doc Hayward)
Pierce Gagnon
Allen Galli
Hailey Gates
Brett Gelman
Ivy George
Balthazar Getty
James Giordano
Harry Goaz (Andy Brennan)
Grant Goodeve
George Griffith
Tad Griffith
James Grixoni
Cornelia Guest
Travis Hammer
Hank Harris
Annie Hart
Andrea Hays (Heidi)
Stephen Heath
Heath Hensley
Gary Hershberger (Mike Nelson)
Michael Horse (Hawk)
Ernie Hudson
Jay Jee
Jesse Johnson
Caleb Landry Jones
Ashley Judd
Luke Judy
Stephen Kearin
David Patrick Kelly (Jerry Horne)
Laura Kenny
Dep Kirkland
Robert Knepper
David Koechner
Virginia Kull
Nicole LaLiberte
Jay Larson
Sheryl Lee (Laura Palmer/Maddy Ferguson)
Jennifer Jason Leigh
Jane Levy
Matthew Lillard
Jeremy Lindholm
Peggy Lipton (Norma Jennings)
Bellina Martin Logan
Sarah Jean Long
David Lynch (Gordon Cole)
Riley Lynch
Shane Lynch
Kyle MacLachlan (Dale Cooper)
Mark Mahoney
Karl Makinen
Malone
Xolo Maridueña
Berenice Marlohe
Rob Mars
James Marshall (James Hurley)
Elisabeth Maurus
Josh McDermitt
Everett McGill (Ed Hurley)
Zoe McLane
Derek Mears
Clark Middleton
Greg Mills
James Morrison
Christopher Murray
Don Murray
Joy Nash
Priya Diane Niehaus
Bill O’Dell
Casey O’Neill
Johnny Ochsner
Walter Olkewicz (Jacques Renault)
Charity Parenzini
Elias Nelson Parenzini
John Paulsen
Sara Paxton
Max Perlich
Linas Phillips
Tracy Phillips
John Pirruccello
Linda Porter
Jelani Quinn
Ruth Radelet
Mary Reber
Adele René
Mariqueen Reznor
Trent Reznor
Carolyn P. Riggs
Kimmy Robertson (Lucy Moran)
Wendy Robie (Nadine Hurley)
Erik L. Rondell
Marv Rosand
Ben Rosenfield
Tim Roth
Rod Rowland
Carlton Lee Russell (Jumping Man)
Elena Satine
John Savage
Amanda Seyfried
Amy Shiels
Sawyer Shipman
Tom Sizemore
Sara Sohn
Malachy Sreenan
Harry Dean Stanton (Carl Rodd)
J.R. Starr
Bob Stephenson
Charlotte Stewart (Betty Briggs)
Emily Stofle
Al Strobel (Phillip Gerard/Mike)
Carel Struycken (Gigante)
Ethan Suplee
Sabrina S. Sutherland
Jessica Szohr
Russ Tamblyn (Dr. Lawrence Jacoby)
Bill Tangradi
Cynthia Lauren Tewes
Jodee Thelen
Jack Torrey
Sharon Van Etten
Eddie Vedder
Greg Vrotsos
Jake Wardle
Naomi Watts
Nafessa Williams
Ray Wise (Leland Palmer)
Alicia Witt (Gersten Hayward)
Karolina Wydra
Charlyne Yi
Nae Yuuki
Grace Zabriskie (Sarah Palmer)
Christophe Zajac-Denek
Madeline Zima
Blake Zingale

 

Parece que a nova temporada aparentemente sofreu outra baixa no elenco. Segundo informações que temos recebido nos últimos meses, o ator Michael J. Anderson (que interpreta um dos personagens mais icônicos de Twin Peaks, o anãozinho que fala ao contrário) não entrou em um acordo com a produção e provavelmente não vai retornar. Segundo o diretor de fotografia Peter Deming, as filmagens finalmente encerraram nessa última quinta-feira (14/04), e até onde sabemos, a situação com Anderson não tinha mudado até então.

Em janeiro o ator postou em seu Facebook uma reclamação sobre a maneira como havia sido tratado pelos executivos do canal Showtime:

Untitled 2 “Bem, o Showtime me diminuiu como uma garota do coral então eu me retirei…e foi isso. Tanto faz”.

Mesmo sem saberem detalhes do ocorrido, vários fãs tomaram as dores do ator e comentaram indignados, dizendo que Anderson é parte fundamental do universo do seriado e que se recusavam a ver a nova série sem ele. Anderson deu respostas curtas e frias, dizendo aparentemente o canal e a produção discordam da minha importância no seriado”.

Fãs continuaram postando nos meses seguintes, pedindo mais detalhes e perguntando se a situação teria se resolvido. Anderson respondeu de maneira rabujenta um fã que perguntava o que teria ocorrido: “Os produtores não acham que minha contribuição para Twin Peaks é significativa, em relação a outros membros do elenco. Imagino que ESSA seja a razão. Quanto MENOS você pagar aos atores, MAIS lucro você guarda pra si”. Para outra fã, que perguntou se o canal Showtime teria entrado em contato para tentar remediar a situação, Anderson respondeu: “Eles FIZERAM uma segunda oferta. Foi mais BAIXA que a primeira. Mensagem recebida”.

Alguns fãs se recusam a acreditar na possibilidade de Anderson não voltar e acham que essa pode ser uma estratégia de marketing arquitetada por Lynch e Frost, em parceria com o ator e o canal Showtime.

O que se sabe é que Anderson possui um temperamento forte e é considerado uma pessoa “difícil de se lidar”. Grande parte do elenco e da equipe do seriado original não se dá bem com ele. Diz a lenda que até mesmo Lynch chegou a romper relações com o ator por um período. E no início dos anos 2000, Anderson chegou a ser banido da lista de convidados do Twin Peaks Fan Festival por agredir verbalmente um fã.

Fica a dúvida se o canal Showtime realmente chegou a desrespeitá-lo, se sua personalidade difícil está novamente dando sinais de vida, ou se tudo não passa de uma brincadeirinha de Lynch e Frost.

A grande ironia é que foram usadas justamente imagens do ator no primeiro teaser da nova temporada, exibido em outubro do ano passado: